Governo de SP comprará 100 milhões de seringas e agulhas para vacinação

Mais Brasil

São Paulo – O governo de São Paulo fará a aquisição de 100 milhões de seringas e agulhas para aplicação da vacina contra o coronavírus durante a campanha prevista para começar em 25 de janeiro. As compras serão realizadas em 27 pregões, realizados entre 18 e 23 de dezembro.

“São Paulo está adicionando mais 100 milhões de seringas e 100 milhões de agulhas ao seu estoque para a vacinação contra a Covid-19. Iniciamos o processo de compra para a aplicação da vacina do Butantan, adicionalmente ao estoque já disponível na Secretaria da Saúde do estado. Nós estamos ampliando o estoque para termos certeza, convicção de que nenhum insumo faltará para o sistema médico do estado. Todos os insumos serão distribuídos nos 645 municípios”, disse o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em coletiva nesta segunda-feira (21/12), afastando qualquer risco de desabastecimento.

Os primeiros pregões foram abertos na última sexta-feira (18/12) com a aquisição de 2 milhões dos insumos. “Estamos nos antecipando. Dessa maneira, já foi iniciada na semana passada a licitação”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O governo de São Paulo já havia adquirido no segundo semestre de 2020 21 milhões de seringas e agulhas para as vacinações de rotina do ano, contando com uma reserva de 11 milhões para a imunização do novo coronavírus. A primeira fase da vacinação no estado prevê a imunização de 9 milhões de pessoas dos grupos prioritários: profissionais de saúde, idosos, indígenas e quilombolas. Serão aplicadas duas doses da vacina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.