Governo vai discutir a suspensão do Estado de Emergência para cinco províncias

Destaque Mais Japão

O primeiro-ministro japonês Suga Yoshihide e os ministros envolvidos na resposta do governo ao coronavírus devem considerar a suspensão do estado de emergência em cinco províncias, incluindo Osaka e Kyoto.

Os novos casos diários em Tóquio caíram para menos de 200 na segunda-feira, pela primeira vez em cerca de três meses.

Mas o governo tem sido cauteloso em suspender o estado de emergência antes que ele expire em 7 de março, alegando pressão sobre o sistema médico.

Os governadores de Osaka, Hyogo e Kyoto planejam pedir ao governo central que ponha fim decreto o mais rápido em suas prefeituras.

O número de novas infecções e de pessoas hospitalizadas diminuiu na região de Kansai.

Enquanto isso, o governador da prefeitura de Aichi, Ohmura Hideaki, iniciou discussões com autoridades da vizinha província de Gifu para ver se é possível suspender o estado de emergência até o final deste mês.

O ministro da Revitalização Econômica, Nishimura Yasutoshi, responsável pela resposta ao coronavírus, deve realizar uma videoconferência com os governadores de Osaka, Hyogo e Kyoto na terça-feira. Ele terá discussões separadas com Ohmura e outros no mesmo dia.

Suga deve se encontrar com Nishimura e o Ministro da Saúde Tamura Norihisa na quarta-feira para discutir se o estado de emergência pode ser levantado nas cinco prefeituras.

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.