SUGA É ELEITO NOVO PRIMEIRO-MINISTRO DO JAPÃO

Destaque Mais Japão

O chefe do principal Partido Liberal Democrático, Suga Yoshihide, foi escolhido como o novo primeiro-ministro do Japão pela Dieta do país.

O político veterano de 71 anos sucederá Abe Shinzo, que renunciou para lidar com questões de saúde.

Suga apoiou Abe como secretário-chefe de gabinete por mais de sete anos. Ele diz que impulsionará as políticas de Abe para lidar com o coronavírus e revitalizar a economia. Ele também promete priorizar as reformas administrativas e regulatórias.

Mais da metade dos ministros de Suga faziam parte do governo Abe, um reflexo das intenções do novo líder de continuar as políticas de seu antecessor.

Aso Taro permanecerá como vice-primeiro-ministro e ministro das finanças. Ele está no cargo há mais de sete anos.

Kato Katsunobu deixa o cargo de Ministro da Saúde e assume o lugar de Suga como secretário-chefe de gabinete.

Motegi Toshimitsu continuará como ministro das Relações Exteriores. Motegi estava liderando negociações comerciais com os EUA e a Grã-Bretanha.

O irmão mais novo de Abe, Kishi Nobuo, assumirá seu primeiro cargo no gabinete, como ministro da Defesa.

Takeda Ryota supervisionará as indústrias de telecomunicações e transmissão.

Hagiuda Koichi mantém o cargo de Ministro da Educação.

Tamura Norihisa retorna ao gabinete para se tornar Ministro da Saúde, cargo que ocupou no governo anterior de Abe.

Kajiyama Hiroshi mantém seu portfólio como ministro do Comércio e Indústria.

Akaba Kazuyoshi, do parceiro júnior da coalizão do LDP, Komeito, permanece como Ministro da Infraestrutura.

O Ministro do Meio Ambiente, Koizumi Shinjiro, continuará seu papel.

Okonogi Hachiro supervisionará o grupo de vigilância da polícia nacional.

Hirai Takuya assumirá uma das políticas prioritárias de Suga, a digitalização do governo.

Nishimura Yasutoshi continuará supervisionando as medidas de coronavírus do Japão, para equilibrar esses esforços com a revitalização da economia.

Kono Taro assumirá um novo cargo no gabinete – Ministro da Reforma Administrativa. Suga enfatizou a importância do trabalho para criar um governo mais eficiente.

Hashimoto Seiko mantém sua posição, assumindo o comando dos adiados Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio em 2020.

Inoue Shinji assumirá um novo cargo à frente da World Expo, a ser realizada em Osaka em 2025.

Com informações NHK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.